Diferença entre Marketing e Publicidade



Com origem etimológica do inglês, Marketing significa mercadologia e deriva da palavra Market que quer dizer mercado. Marketing ou mercadologia é o processo usado para determinar quais produtos ou serviços vão interessar os consumidores, assim como a estratégia que será utilizada nas vendas, comunicações e no desenvolvimento do negócio. 
 
A finalidade do marketing é criar valor e satisfação ao cliente, gerindo relacionamentos lucrativos para ambas as partes. Sua principal função é promover a marca e o lançamento de produtos, definindo, por exemplo, as estratégias, o público-alvo e o preço a ser estabelecido. O marketing é a arte de descobrir oportunidades. Nas palavras do professor Philip Kotler: Marketing é a ciência e a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro. Marketing identifica necessidades e desejos não realizados. Ele define, mede e quantifica o tamanho do mercado identificado e o potencial de lucro.
 
A palavra publicidade teve origem no latim publicus, que quer dizer público, e em todo o tempo constituiu o ato de divulgar ou de tornar público.
“Qualquer forma de divulgação de produtos ou serviços, através de anúncios geralmente pagos e veiculados sob a responsabilidade de um anunciante identificado, com objetivos de interesse comercial”. (RABAÇA, Carlos A. e BARBOSA, Gustavo. Dicionário de comunicação. Ática, São Paulo, 1987, p. 481).
Para David Ogilvy, publicidade é uma informação para que se permita a venda: Não considero publicidade como entretenimento ou forma de arte, mas como meio de informação. Quando escrevo um anúncio, não quero que você me diga que o considera criativo: quero que você ache tão interessante que compre o produto.
 
Dessa forma, podemos concluir que o propósito da publicidade é uma mensagem a ser alcançada para o único proposito de vender.

Marketing X Vendas

Drucker (1973 apud KOTLER, 2000) menciona o seguinte:
Pode-se presumir que sempre haverá necessidade de algum esforço de vendas, mas o objetivo do marketing é tornar a venda supérflua. A meta é conhecer e compreender tão bem o cliente que o produto ou o serviço se adapte a ele e se venda por si só. O ideal é que o marketing deixe o cliente pronto para comprar. A partir daí, basta tornar o produto ou o serviço disponível.
 
Contudo, não podemos confundir marketing com vendas. Nesse sentido:
O departamento de vendas desempenha papel essencial na adaptação das empresas à tendência ao esclarecimento, orientação e informação aos clientes. O vendedor passa a ser um assessor e o departamento de vendas um prestador de serviços. [...] Os vendedores, como vimos, por estabelecerem contato mais intimo com os clientes, são aqueles que têm maiores condições de informar as empresas sobre as tendências mercadológicas. (LAS CASAS 1993)

Comunicação

A comunicação é um processo pelo qual a informação é codificada e transmitida por um emissor, por meio de um canal, a um receptor de modo que a informação seja permitida ser interpretada, preferencialmente, do jeito mais simples e rápido possível.
Segundo Chiavenatto (2002), comunicação "é a troca de informações entre indivíduos. Significa tornar comum uma mensagem ou informação. Constitui um dos processos fundamentais da experiência humana e da organização social".